quarta-feira, 3 de abril de 2013

A Plaza Bolívar de Bogotá


Uma visão geral de parte de Plaza Bolívar

A Plaza Bolívar. Se vier caminhando pela Séptima, chega aqui.
Todo viajante tem uma ou outra dica que acha preciosa. Eu não fujo a esta regrinha. Uma dica que eu acho bacana é a Oficina de Turismo. Sempre que chego em algum lugar busco uma. Em quase todo aeroporto e área turística tem um posto de informação para turistas. Normalmente é o primeiro contato que eu tenho com uma cidade. Lá geralmente recebo um overview do que pode ser imperdível. Aí é só casar com o que já tenho em mãos, com minhas pesquisas. Em Bogotá tem uma na Plaza Bolívar, na esquina da Calle de los Divorcios.
Grupo interessado na história Bogotana
Foi assim que descobri sobre o tour, gratuito, de mais ou menos duas horas, pelo centro histórico, partindo da Plaza Bolívar. Foi assim que me juntei a este grupo que tinha gente de diversas partes da américa latina. Foi assim que fiquei conhecendo um pouco da história desta cidade tão cultural e tão interessante.

A Catedral de Bogotá, com o Congresso Nacional ao lado.
O tour começa bem aqui em frente ao Congresso. E entre muitas ricas e interessantes informações fiquei sabendo, por exemplo, que o a Catedral fica em um nível mais alto, porque nada pode estar acima de Deus. Logo abaixo, o Congresso, o estado. E só então, os outros prédios. 

A Plaza Bolívar, que recebeu este nome em homenagem ao libertador Simón Bolívar, e onde estão também o Palácio da Justiça e a Prefeitura, entre outros prédios importantes e históricos, é inclinada para poder escoar as águas das chuvas que descem pelas ladeiras desta zona histórica. 

Esta praça é o ponto de partida para conhecer toda a parte antiga de Bogotá, com seus museus e prédios que sobreviveram ao tempo. Como eu fui na época do Natal, a praça estava toda enfeitada. Confesso que não gostei muito destes adereços verdes e vermelhos. Não combinava. 
Os pombos e ambulantes fazem parte da paisagem da praça. Ao fundo o prédio da prefeitura


A Prefeitura


O Congresso Nacional em frente, com a Catedral ao lado




As colunas do Congresso Nacional
Na Oficina de Turismo descobrimos ainda que haveria um outro tour, gratuito também, por dentro da prefeitua. Aqui, ouvimos um pouco sobre a flora local, que não é exatamente surpreendente para quem mora no Brasil. Inclusive muitas plantas que nos mostraram, temos por aqui. O ponto alto, e muito emocionante, foi o momento em que um ator, narrou para nós um conto de Gabriel García Márquez pela comemoração dos 30 anos do seu Nobel de literatura. Foi sensacional!!
O ator narrando
Durante o dia a praça fica cheia de turistas e à noite, as pessoas que saem do trabalho, ambulantes, crianças e artistas de ruas se juntam para deixar a praça ainda mais cheia de movimento.

Calle de los Divorcios - tinha este nome porque era uma zona de prostituição e se dizia que era porque os homens frequentavam este local que os casamentos acabavam. O prédio onde estão as bandeiras é a Oficina de Turismo. Do outro lado da foto, a prefeitura.
Carrera Séptima

Carrera Séptima
Se estiver hospedado no Hotel Ibis pode caminhar pela Séptima que chegará até a Plaza Bolívar. A rua é fechada para o trânsito.