quinta-feira, 1 de junho de 2017

HOSPEDAGEM na Suíça:

HOSPEDAGEM na Suíça:

Passamos 15 dias visitando a Suíça e dormimos em 5 cidades: Genebra, Berna, Zurique, Friburgo e Lausanne. Em quatro delas nos hospedamos em unidades Ibis da Rede Accor, que quase sempre tem minha preferência. A única exceção foi na cidade de Fribourg, pois não gostamos da localização. Assim ficou o mapa de nossa hospedagem na Suíça.

Parâmetros de escolha para nossa hospedagem na Suíça: 

HOSPEDAGEM na Suíça:
Hotel Ibis Lausanne
Em algumas dessas cidades havia mais de uma unidade Ibis, então para escolhermos qual delas melhor nos atenderia, utilizamos como parâmetro a localização (quanto mais perto de nossos pontos de interesse, mais atraente) e custo (quanto mais barata a diária, melhor). 

O atendimento:

HOSPEDAGEM na Suíça:
Recepção do Hotel Ibis em Genebra

HOSPEDAGEM na Suíça:
Recepção do Hotel em Zurique
Gosto muito do atendimento dispensado na Rede Accor: atencioso e eficiente. Entretanto, nos hotéis suíços essa excelência no suporte e assistência foi ainda mais elevada. A simpatia, afabilidade e sorrisos foram largamente distribuídos.

Todas as nossas necessidades foram prontamente atendidas e o serviço prestado foi além do habitual. Fiquei extremamente surpresa, pois esperava efetividade e competência, pois faz parte da marca, mas não a delicadeza, alegria e gentilezas do staff na Suíça. Superou enormemente as minhas expectativas. 

O Ibis:

Hospedagem na Suíça
Quarto Ibis em Berna

HOSPEDAGEM na Suíça:
Bancada de trabalho com várias tomadas em Genebra

HOSPEDAGEM na Suíça:
Banheiro Ibis em Berna

HOSPEDAGEM na Suíça:
Banheiro do Ibis em Zurique

HOSPEDAGEM na Suíça:
Hotel Ibis em Lausanne
Como quase sempre acontece encontramos poucas diferenças nas unidades Ibis escolhidas, seja em relação ao quarto, banheiro ou recepção. Um ou outro detalhe podia ser notado como uma pia maior ou se havia ou não espaço no box para apoiar material de higiene pessoal, para citar alguns.

Os quarto são confortáveis, contam com bancadas de trabalho, cama larga, tv, mesinhas de cabeceira e sofá (itens que às vezes podem variar) além de um armário aberto com cabides e prateleiras.

Um problema que temos encontrado atualmente nos Ibis tem relação com a quantidade de tomadas disponíveis. Nas unidades mais novas têm em bom número, nas mais antigas elas têm se mostrado insuficientes, especialmente em tempos de tantos apetrechos tecnológicos e isso pode tornar-se um problema.

Nos banheiros há secador de cabelo, sabonete líquido e box de vidro com chuveiro padrão europeu, copos de plástico e não há toalha de rosto. As toalhas de corpo não tem muita qualidade. 

O café da manhã não está incluído na diária e na Suíça seu custo estava em torno de 14 euros, por dia, por pessoa em estilo buffet. Às vezes acontece alguma promoção onde esta refeição pode ser ofertada sem custo adicional, como foi o caso do Ibis de Genebra, pois o hotel estava sendo inaugurado. 

As localizações:

Genève Centre Lac:

Hospedagem na Suíça
Ibis Genebra

Hospedagem na Suíça
Café da manhã no Genève Centre Lac
Em Genebra nós escolhemos o Ibis Genève Centre Lac cuja localização é excelente! Dista mais ou menos 250 metros ou 3 minutos de caminhada da Estação Central de trens (Gare de Cornavin), 550 metros ou 10 minutos à pé do centro e 450 metros do Lago de Genebra, apenas 5 minutos caminhando.

A Rue de Berne, seu endereço, é uma rua de imigrantes de diversas partes do planeta, então encontramos constantemente múltiplas raças circulando e idiomas distintos sendo falados. Há muitos restaurantes no entorno, naturalmente, de variadas nacionalidades.

Tanto na Gare Cornavin, quanto em seu entorno há muitas cafeterias e brasseries, lugares ótimos para tomarmos o café da manhã.

Ibis Berna Expo:

Hospedagem na Suíça
Ibis em Berna

Hospedagem na Suíça
Entrada do Ibis em Berna

Hospedagem na Suíça
Vista do quarto do Ibis Berna
O Ibis Berna Expo (Am Guisanplatz 4) foi nossa escolha em Berna, capital do país. Essa unidade Ibis fica um pouco mais distante do centro, cerca de 2,5 quilômetros - mais ou menos meia hora à pé - e 3 quilômetros do Hauptbhnhof, a estação central de trens - 40 minutos de caminhada. 
Contudo, afastado apenas 650 metros dele está o Wankdorf Center, um shopping que funciona dentro do Stade de Suisse, o estádio de futebol local, onde encontramos lojas, mercados, lanchonetes e restaurantes. 
Além disso, há um ponto de tram em frente ao hotel. Turistas hospedados na cidade, ao fazerem check-in, recebem um passe gratuito de transporte público municipal, que dá direito a viagens ilimitadas durante todos os dias de hospedagem O recebemos também em Genebra e Lausanne.
O tram levava cerca de 10 minutos até o centro, então compensou muito a escolha. 
Ibis Zurich City West:
Hospedagem na Suíça
Ibis em Zurique

Hospedagem na Suíça
Vista do quarto do Ibis Zurique
Zurique está dividida em Kreis ou distritos e nossa escolha foi ficar no Kreis 5, a antiga zona industrial, região muito charmosa. O Ibis Zurich City West (Schiiffbaustrasse 11) está perto de muito lugar descoladinho, como bares e restaurantes, mas longe do centro histórico e dos principais pontos de atração da cidade.

Fizemos muitas caminhadas para chegar ao centro, explorando Zurique, mas pegamos também muito transporte púbico, pela distância e para otimizar o tempo. Isso teve impacto no orçamento, uma vez que cada passe de 24 horas que compramos custava 8,80 francos.

Ainda assim, valia pelo custo da diária, mais baixo que em outros Kreis de nosso interesse, e por estarmos em uma área cheia de personalidade, sedutora e atraente, que terminou tornando-se a minha favorita na cidade.

Ibis Lausanne Centre:

Hospedagem na Suíça
Ibis em Lausanne

Hospedagem na Suíça
Rua do Ibis Lausanne
Lausanne é uma cidade construída no topo de uma montanha, então o que não falta nessa cidade é ladeira. O Ibis Lausanne Centre (20 Rue du Maupas), onde ficamos, fica bem no topo de uma. Constantemente utilizamos o ônibus para nos deslocarmos, pois não havia nenhum ponto de atração no entorno. Havia um ponto bem em frente ao Ibis.

Programa de Fidelidade da Rede Accor: 

Hospedagem na Suíça
Recepção do Ibis Lausanne

Hospedagem na Suíça
Quarto do Ibis Lausanne

Hospedagem na Suíça
Nosso welcome drink
Outro aspecto nos atrai na Rede Accor: o programa de fidelidade da rede chamado Le Club, onde a hospedagem acumula pontos que mais tarde poderão ser revertidos em descontos em outras hospedagens. 
Os associados vão subindo de categoria à medida que acumulam pontos e assim vão ganhando benefícios como early check-in (meu preferido), late check-out e welcome drinks por exemplo. Lembro, porém, que nem toda unidade gera pontos. 
Para ser um membro Le Club basta fazer o cadastro gratuito no site da rede. 
Na maioria dos lugares o welcome drink  oferecido pode ser escolhido dentre as seguintes opções: café, água ou um refrigerante, mas na Suíça pode ser também cerveja, então, durante nossa estada no país, nosso último dia na cidade sempre terminava com cerveja no quarto do hotel. 
Estar em uma das unidades do Ibis Hotel, tem seus prós e seus contras, mas na contabilidade final, continuo considerando o Ibis bom custo/benefício quando viajamos por aí.  
Em tempo: a rede Accor oferece outros hotéis como o Mercure ou Ibis Budget, com diferenças de categoria e custo, mas o meu apreço é mesmo pelo Ibis tradicional, o vermelhinho.  

Hotel Alpha:

Hospedagem na Suíça
Hotel Alpha

Hospedagem na Suíça
Recepção do Hotel Alpha

Hospedagem na Suíça
Recepção do Hotel Alpha
Fribourg foi a única cidade em que nossa hospedagem na Suíça não foi em uma unidade Ibis, optando em vez disso pelo Hotel Alpha (Rue du Simplon 13). Apesar de minha ansiedade com essa escolha, inquieta com a possibilidade de ser uma roubada, o hotel foi uma ótima escolha. 
A localização dele é excelente: distante 500 metros da Gare (estação de trem), 1 quilômetro da Rue de Lausanne uma das artérias da cidade, com lojas e restaurantes e 1,1 quilômetro da Cathédrale Saint-Nicolas. 
O café da manhã também não estava incluído na diária, tinha um custo de 14 euros por pessoa, por dia e me pareceu, quando fui bisbilhotar, variado.
O quarto e o banheiro:

Hospedagem na Suíça
Nosso quarto no Hotel Alpha

Hospedagem na Suíça
Nosso quarto no Hotel Alpha

Hospedagem na Suíça
Mimo de boas vindas

Hospedagem na Suíça
Banheiro do Hotel Alpha

Hospedagem na Suíça
A pia do banheiro no Hotel Alpha - espaço e copo de vidro
O quarto tem decoração charmosa, além de ser amplo. A cama de casal é larga, possui uma poltrona, bancada de trabalho e mesinhas de cabeceira. Havia até um relógio despertador, além de tomadas em bom número, mas senti falta de cabides. Como levo pouca roupa e as repito inúmeras vezes, quando chego da rua gosto de deixa-las estendidas.

Fomos recepcionados com uma garrafinha de água mineral e dois chocolatinhos da região. Parece bobagem, mas gosto muito desses pequenos mimos. 

No banheiro, havia secador de cabelo, chuveiro padrão europeu, box de vidro, assim como copos de vidro. As toalhas eram de ótima qualidade. 

Detalhes:

A Suíça
Facilidades nos hoteis na Suíça
Em todos os hotéis em que nos hospedamos, como é comum na Europa, pudemos beber água da torneira da pia; uma facilidade que eu adoro.  

Em todos eles havia wi-fi gratuito disponível nos quartos e nas áreas comuns e funcionou muito bem em todas as cidades.

Conclusão:

Hospedagem na Suíça
Aeroporto de Genebra: até qualquer dia Suíça
Resumindo, eu fiquei muito satisfeita com todas as nossas escolhas de hospedagem na Suíça e se um dia retornar a qualquer uma dessas cidades, com certeza me hospedo novamente em cada um desses hoteis. 

Que tal salvar este texto em seu Pinterest?

Hospedagem na Suíça


Informação:
Nenhum texto publicado até hoje no Espiando Pelo Mundo 
foi fruto de parceria de qualquer natureza, 
sendo, ao contrário disso, resultado, pura e exclusivamente 
de minhas escolhas e percepções pessoais.