domingo, 4 de setembro de 2016

As JANELAS SALIENTES de Nuremberg, Alemanha:

As Janelas Salientes de Nuremberg na Alemanha
Nürnberger Chörlein ou Janelas Salientes

As Janelas Salientes de Nuremberg Alemanha
Nuremberg Oriel ou Janela Saliente
Aqui e acolá em Nuremberg, é possível vermos na fachada das casas uma estrutura curiosa, ricamente decorada, sóbria, que se sobressai e confere certo charme a mais, além de personalidade a algumas residências da cidade e são chamadas de Janelas Salientes.

Essa espécie de alpendre tem uma história para nos contar: antigamente não era permitido que altares estivessem abrigados sob tetos profanos. Começaram então a surgir nas casas burguesas as Janelas Salientes, que faziam portanto, às vezes de altar.

As Farmácias Rossmann em Nuremberg, Alemanha
A farmácia Rossmann ao fundo

Nuremberg
Happy Hour em Nuremberg 
Quando deixamos o Palácio de Justiça para trás, onde visitamos a exposição sobre os Julgamentos de Nuremberg e sua icônica sala 600, o calor estava sufocante, de rachar o coco mesmo, e eu precisei desesperadamente de uma pausa. Sendo assim, voltamos ao hotel para uma siesta tardia.

Na sala 600, o moço que guardava o local, contou que os alemães do sul, como os bávaros, são mais fechados, menos sociáveis e que ele atribuía isso ao fato da região ser católica, ao contrário do norte, protestante e mais aberta.

Apesar do que ele disse, eu tive a sorte e o prazer de encontrar pessoas sorridentes, falantes, simpáticas e conversadeiras. Além do moço que nos falou sobre a personalidade sulista, a recepcionista do Ibis era uma gentil tagarela. 

Ela nos disse, entre outras muitas coisas, que devíamos visitar o Centro de Documentação e o Palácio de Justiça. Que ela mesma nunca havia visitado, mas que o irmão havia ido com a escola e que tinha gostado muito.

É curioso esse aparente distanciamento de sua história recente quando o mundo se comove e se horroriza como os eventos relacionados à Segunda Guerra. Seus avós provavelmente estiveram envolvidos nela, de uma maneira ou de outra, assim como seus pais. Eu tenho muito interesse pela geração pós guerra.

Depois da siesta, com a temperatura mais amena, fomos a uma farmácia quase em frente ao Ibis, na Königstraße. Eu gosto muito de fuçar os produtos locais, ver as marcas consumidas e por isso, sempre que possível entro em mercados e farmácias.

Restaurante Hausbrauerei Altstadthof em Nuremberg, Alemanha
Hausbrauerei Altstadthof - balcão e mesa
Em seguida fomos jantar no Hausbrauerei Altstadthof que fica na Bergstraße 19. Era um lugar meio escuro, com um balcão e poucas mesas no salão principal, sendo algumas delas para serem compartilhadas entre os clientes. Estava cheio, mas havia lugares no balcão.

Havia outros ambientes também, mas com as mesas ocupadas ou reservadas. Eram apenas 19 horas. Em Nuremberg as pessoas saem cedo para comer.

Tomamos uma cerveja no balcão (e outra durante o jantar) e quando vagou um lugar, a única senhora, baixinha e acelerada, séria e eficiente que atendia a todos, nos encaminhou a ele. 

Gastronomia alemã
Hausbrauerei Altstadthof  - Maultaschen e o pescoço de porco

Restaurante Hausbrauerei Altstadthof, Nuremberg, Alemanha
Hausbrauerei Altstadthof
Depois de rolar o cardápio para lá e para cá, me decidi por um prato que é patrimônio cultural da região de Baden-Württemberg, garantindo a integridade do prato e que ele será feito como se deve.

Afirmo que essa foi a melhor refeição que fiz na Baviera. O prato, chamado Maultaschen, uma espécie de ravióli, porém compacto, massudo, recheado com carne e espinafre, servido com chucrute e cebolas adocicadas (8,20 euros). Estava divino!

Léo escolheu pescoço de porco marinado com batatas grelhadas, cebolas adocicadas e manteiga de ervas. Estava muito bonito e muito gostoso também (10,50 euros).

Na hora de trazer a conta, a senhora com muita simpatia nos disse que iria trazer que podia demorar um bocadinho, mas que ia trazer! Sorrimos e assim encerramos nossa temporada em Nuremberg. 

Nuremberg
Por do sol em Nuremberg

O que fazer em Nuremberg
Assim nos despedimos de Nuremberg
Voltamos para o hotel caminhando, com o dia ainda claro e o centro histórico movimentado. Foram dias maravilhosos e fiquei muito satisfeita por ter percebido que Nuremberg é uma cidade carregada de história e que merecia muito mais que um bate/volta corrido.

Saí de lá com gostinho de quero mais e com uma lista de coisas que ficaram por ver e por fazer. Por outro lado, tudo o que vimos e vivemos, foram honestos, de verdade, com olhos e sensibilidades aguçados. Obrigada Nuremberg, por nos receber tão bem!